Infelizmente a palavra vendedor está demasiadamente gasta, a sua conotação é logo a de charlatão, vendilhão, etc., no entanto todos somos vendedores, Sim, TODOS! Todos os que trabalham, vendem o seu tempo ao patrão que lhes paga de acordo com uma compra do seu tempo e empenhamento (quase sempre mal pago, na visão do empregado). É por isso que trabalhar por conta própria é o sonho de muitos. Mas, e há sempre um mas, sendo um negócio tradicional, temos de manter os custos fixos muito baixos e aumentar as margens, o que nos dias que correm é quase impossível.

Por isso um negócio na área do marketing multi-nível, é tão aliciante, dado que os custos de início do negócio, são em regra geral muito baixos, comparativamente aos dos negócios tradicionais, e os custos fixos mensais são quase inexistentes, podendo extrair desta actividade tanto ou mais (todos esperam que seja mais) dinheiro do que no seu emprego convencional. Como é óbvio nada é oferecido, e nesta actividade, pagamos em horas ao volante, em reuniões, em apresentações, etc., na procura constante dos nossos prospectos. Finalmente alguém se lembrou de inverter esta situação (Sílvio Fortunato), e hoje é possível, que sejam os prospectos a bater à nossa porta, mesmo que alguns pensem ser piada….

No fundo a nossa dedicação tem de ser de imersão total, pois se não conseguirmos, a trabalhar para nós e nossa família, trazer para casa o conforto financeiro que almejamos, rapidamente se pode apoderar de nós uma desilusão, por os ganhos não serem imediatos. Mas neste negócio o plano é: termos um PLANO, que nos faça enriquecer entre 2 a 5 anos, cumprindo todas as etapas dos nossos desejos e sonhos.

Por isso temos de ser os melhores vendedores do mundo, não só a vender os produtos, o negócio da nossa empresa, mas sim a vender-nos a NÓS próprios.

A esta tomada de consciência, em que tomamos a vida e o futuro nas nossas mãos, chama-se em psicologia, o INSIGTH.

É nesta tomada de consciência que marcamos a ferro o nosso destino e o nosso futuro, pois é assim que dizemos a nós próprios e ao mundo o que queremos, no fundo falamos para o Universo o que pretendemos e que estamos dispostos a pagar o preço para atingir os nossos sonhos.

Para isso temos de nos vender, aos nossos familiares, aos nossos amigos e a todos com quem nos cruzamos. Dizia Joe Girard (o melhor vendedor do mundo há mais de 30 anos) – Vendam-se. Só assim terão sucesso.

Aprendam com as dificuldades, sejam resistentes, persistentes e tenham sempre em mente o vosso próprio objectivo.

Joe Girard dizia depois de concluir uma venda – Acabou de comprar duas coisas, o produto que pretendia e o Joe Girard. Servi-lo-ei como nunca imaginou.

É este espírito de vencedor e de disponibilidade de serviço que devemos ter. Devemos mostrar às pessoas que gostamos delas e que não somos como os outros vendedores que só querem ficar com o dinheiro dos clientes.

Devemos ser optimistas, devemos visualizar na nossa mente que já fechamos o negócio, dessa forma será mais fácil estar descontraído para o concluir. Não se esqueçam que a venda é como uma cirurgia, depois de começar não a podemos parar.

Se tivermos e demonstrarmos confiança, entra em acção a “Lei dos 250”, segundo a qual cada pessoa conhece em média 250 pessoas. Logo se causar boa impressão, for seguro e o produto for verídico, outros potenciais 250 clientes irão saber disso e de cada um deles irá, por sua vez, falar a outras 250 pessoas. É isto o multi-nível. É isto o nosso dever! Vender bem, acompanhar melhor e estar disponível para os clientes. Devemos gostar dos nossos clientes e o passa a palavra é o melhor e o mais forte marketing que existe. Por isso é tão importante tirar referências.

Façam o favor de serem felizes

 

 

 

 

 

About Rui Lemos

Rui Lemos, nasceu em Lisboa, Portugal, em 1959, sempre foi empreendedor desde tenra idade. Esta sua tendência para o negócio deu-lhe uma visão desempoeirada da vida, pois sempre pensou pela sua própria cabeça. Fez o liceu em Oeiras, perto da praia o que veio também a influenciar o seu desejo de liberdade e de gozar o tempo de lazer. Fez serviço militar na Força Aérea Portuguesa, na área da electrónica, foi profissional da IBM por quase 20 anos, a sua carreira foi de técnico de computadores, a técnico de software até gestor, sendo formador do Instituto IBM, autor de manuais técnicos e de vários livros, entre eles o Best Seller com 23 edições “O Fundamental do Windows 3.1″, conheceu o marketing de rede em 1983, mas não foi financeiramente compensador, ficou só o "bichinho". Voltou ao MMN, em 2004, com a Bia Pomar, sua mulher, onde conheceu a Cesarina e o Silvio Fortunato. Fez parte do grupo fundador do Magnet System e do Inner Circle, com a Bia Pomar e o Rui Gabriel, sendo hoje um profissional do internet marketing e do marketing multinível, é autor de vários blogs entre eles www.RuiLemos.com, um blog que fornece dicas sobre internet marketing, marketing multinível, formação e empreendedorismo para profissionais ou amantes do internet marketing e www.escritamilionaria.com dedicado ao Copywriting, Content Management, SEO Copywriting. Foi co-fundador do grupo de internet marketers Lazy Millionaires League que se dedicam a ajudar os novos a encontrar o seu caminho, é também afiliado All In do Empower Network.


SEO Powered By SEOPressor