Se Ganhar Dinheiro No Seu Negócio Não É FÁCIL, Não Estás a Fazê-lo Bem…

por David Wood | em 16 de fevereiro de 2012 ! tradução e adaptação Rui Lemos 12 de Outubro de 2012

 

OK…

… isto pode soar um pouco ‘fora‘ do que muitas pessoas estão a dizer, mas JURO-LHE que o que estou a dizer aqui não só é verdadeiro, mas quando entrar e aderir – penso que nunca mais vai lutar para ter dinheiro na sua vida novamente.

Deixe-me definir isto para si…

Quando eu digo que ganhar dinheiro é fácil – não estou a dizer que não envolve trabalhoo que estou a dizer é que não deve haver nenhuma luta envolvida no processo, e quando entender o fluxo do dinheiro e como criar rendimentos a pedido, o seu rendimento “fluirá” em vez de ter aquela sensação que está a bater a testa contra a parede e a arranhar com as unhas nela…

Aqui está como este post foi inspirado:

Estava num aeroporto no outro dia e calhou falar com um patologista que ia viajar pela Costa Rica com alguns amigos durante o próximo mês ou dois. Após 2 ou 3 minutos, ela perguntou-me o que é que eu fazia para ganhar a vida, então decidi dizer-lhe a verdade…

“Sou um traficante de droga”.

Depois dela ficar toda nervosa, disse-lhe rindo que estava a brincar, seriamente – o que faço é AINDA melhor – Sou pago para viver como quero todos os dias.

Então começamos a conversar sobre a economia, o governo, o sistema da Reserva Federal, e como a internet e a comunicação instantânea será o futuro do mundo.

(bem, OK – isto fui eu a falar com ela a ficar perplexa com os conceitos estranhos que quase ninguém entende…)

Ficou muito claro para mim nestes 10 minutos, que esta miúda de 35 anos não tinha nenhuma ideia de como o fluxo de dinheiro trabalha no mundo, e isso fez-me pensar…

…Eu também não era capaz de criar rendimentos a pedido, até que aprendi como funcionava o fluxo de dinheiro – e uma vez que entendi COMO funcionava – livrei-me de uma série de conceitos parvos que me estavam a segurar de criar o que eu queria criar na minha vida.

Desde aquele tempo – fiz consistentemente cerca US $30.000 por mês e às vezes muito mais nos meus vários negócios – e honestamente, com muito pouco esforço, o dinheiro apenas “fluía”.

Então, que RAIO aprendi?

Bem, fui criado numa família de mormons, fui em missão, fui para a escola pública, o meu avô foi Presidente da Universidade UAF em Fairbanks, Arkansas – e AMBOS os meus pais eram estudantes excepcionais e produtos do “’sistema” dos baby boomers…

… todo este absurdo resultou em mim (junto com uma geração inteira de baby boomers – QUE por sinal, que já não é mais verdadeiro, eles estão a acordar para a verdadeira natureza do que tem acontecido com eles num GRANDE caminho agora) não entender DE TODO a verdade por trás da criação dos rendimentos.

Fui criado com a filosofia de que se trabalhasse arduamente – seria pago um salário justo pelo meu trabalho – fosse um trabalho mental, como produto do meu intelecto e educação, ou se fosse um trabalho físico (como um produto de faltar à escola muitas vezes… lol).

Em qualquer caso – levou-me MUITO TEMPO a descobrir que o que acabei de descrever não tem absolutamente nada a ver com a quantidade de dinheiro que vai ter. Deixe-me dar-lhe um exemplo de como a minha estupidez pessoal resultou em muita pobreza na minha vida:

Envolvi-me na Amway em 2002, logo depois de ter feito a minha missão de Mormon por dois anos, no British Midlands. Quando era missionário – tinha pago todas as minhas contas com 2 anos de antecedência, e as finanças eram geridas por alguém que era bom com números (um contabilista da missão, essencialmente). As minhas contas eram pagas a partir de uma localização central que eu não geria, a electricidade, a linha de telefone fixo (não estavam autorizados a ter telemóveis) e, em seguida, cerca de 40 libras eram depositadas na minha conta bancária a cada duas semanas que era para “comida extra” quando as pessoas não nos alimentavam. (é uma história verídica).

Assim, estava completamente livre de encargos financeiros, tinha as minhas necessidades cobertas o tempo todo, não sabia quanto custava o que quer que fosse – e, assim, podia focar-me no trabalho da missão (era o ponto do contabilista – geralmente um destes tipos geria cerca de 300 missionários).

Não sei se pensei nisto conscientemente – ou se foi uma crença inconsciente – mas por alguma razão, quando entrei na Amway – pensei que se eu “trabalhasse no duro”’ que o dinheiro apareceria, misteriosamente, na minha conta bancária.

NÃO foi o caso!

É engraçado – mas se é um empregado e apenas “trabalhar no duro” está praticamente garantido com um salário, enquanto tiver um emprego e cumprir o que lhe pedem – mas os empregados raramente pensam de onde vem o dinheiro para lhe pagar o salário que tem que vir de várias coisas:

1. Dinheiro a mudar de mãos de uma pessoa para outra;

2. Lucro que é gerado pela diferença entre o custo das mercadorias e as receitas criadas;

3. BAMB! E se não houver dinheiro para pagar os funcionários, e fantasticamente, sobrar algum no final do mês para o patrão! (caso contrário, não vai ter esse trabalho por muito tempo).

Deixe-me dizer-lhe a parte importante deste cenário, pois – é o INDICADOR chave dum negócio bem sucedido:

 

1. DINHEIRO A MUDAR DE MÃOS

Veja, quando estava na Amway, trabalhei MESMO NO DURO – o problema era que não entendia que trabalhar no duro não tinha nada a ver com quanto dinheiro fazia. Deixe-me explicar a fórmula de forma mais detalhada, e vou-lhe mostrar como a maioria das pessoas fica preso no sistema:

A fórmula é esta: A Pessoa A tem dinheiro e dá-o à Pessoas B em troca de algo que quer.

Aqui está a coisa que a maioria das pessoas não sabe (não é que eles não entendam isto – é que nunca pensaram, realmente, sobre isso). Para ter o dinheiro da pessoa A – a Pessoa B não tem que estar envolvido nesse processo, DE TODO.

?!?!?!?!?! O QUÊ ?! ?!?!?!?!?!! QUER DIZER, NÃO TENHO QUE TRABALHAR NO DURO PARA TER DINHEIRO! @!!!!@!!

Não – na verdade, o facto de trabalhar arduamente não tem nada a ver com quanto dinheiro vai ter em sua vida – quanto dinheiro vai ter, tem literalmente apenas a ver com um factor-chave – quantas pessoas lhe vão dar dinheiro, quanto lhe vão dar e quais serão as suas margens de lucro depois de pagar tudo.

Quando percebi isso – comecei a fazer a pergunta chave, seguinte:

“Bolas – então, como é que faço para ter muita gente para a dar-me muito dinheiro – e o que faço para lhes dar em troca que seja tão valioso que vão CONTINUAR a dar-me dinheiro vezes sem conta???”

Lol. Engraçado de certa maneira – mas pensando ao longo destas linhas trouxe-me a uma descoberta fascinante – só há realmente ALGUMAS FORMAS de levar as pessoas a dar-lhe dinheiro! (legalmente, de qualquer maneira – vamos eliminar os pontos de roubo e tráfico de droga, por agora.) Tudo o que tem de fazer é escolher uma dessas formas (elas têm diferentes níveis de dor e trabalho dependendo do método) e BAMB! Vamos fazer-lhe, agora, algum dinheiro fácil!

Método #1 (A Maneira Estúpida): Trocar o seu trabalho manual (seja mental ou físico) por dinheiro que o seu patrão lhe dá e esperar que isto vá continuar a trabalhar. A razão porque esta forma não presta, é que o processo de obtenção de dinheiro o envolve intimamente, o que significa que tem de aparecer e mostrar-se para receber o pagamento.

Método #2 (A Forma Mais Inteligente, Mas Não Tão Inteligente): Vender coisas às pessoas quando eles não querem ou não precisam, só por ficar realmente bom na venda. Este método pode trabalhar para ganhar muito dinheiro agora – mas o problema é que está ainda intimamente envolvido no processo e está preso – assim como o empregado – e desde que as pessoas não queiram seu estúpido produto, não terá quaisquer compras recorrentes e as vendas acabarão por o queimar.

Método #3 (Ficar Lá – Mas Não É O Melhor Método De Obter Dinheiro): Encontrar um grupo de pessoas que querem algo e encontrar uma maneira de lhes vender o seu produto ou serviço, alavancando o que ELES QUEREM, para lhes vender o que você quer. Este método realmente funciona muito bem se sabe como vender, mas o problema com ele é, há sempre um mercado limitado com este método – se tem que convencer as pessoas a fazer algo que não querem, tem sempre que vir ao de cima com maneiras loucas para lhes vender o produto. Embora este não seja o meu MÈTODO PRINCIPAL de ter rendimentos – ainda o uso o tempo todo para vender produtos e serviços valiosos às pessoas que não sabem que os querem… (ainda)

Método #4 (QUASE o maior método de sempre de fazer dinheiro, mas não completamente): Encontre um produto que muita gente já quer e encontre a forma mais barata, de lhos entregar. Eh pá, este método é rock n’roll – a razão? Nenhuma venda é realmente necessária, pode obter clientes e mantê-los mais baratos e por mais tempo se der grande valor – MAIS, pode também vender-lhes produtos que eles ainda, não sabiam que precisavam. No entanto, este método ainda está um pouco subaproveitado, é um “emprego” que paga alto – no entanto, é relativamente fácil se o gerir correctamente. Mas, infelizmente, se parar de trabalhar, o seu rendimento pára, o que nos leva ao…

Método #5: A MELHOR Forma Do Mundo De Ganhar Dinheiro De Toda a História! Será que está pronto para isto? OK, pegue numa caneta e tome nota…

“Encontrar pessoas que queiram um produto com alta margem de lucro e repita as compras, encontre a melhor maneira de lhes vender sem estar envolvido, de forma nenhuma, no processo …”

Eu tive um orgasmo.

(brb)

OK, tenho os meus novos calções – a coisa porreira, acerca deste método é que depois de estar configurada – as pessoas vão dar-lhe dinheiro sem precisar de fazer nada! É mesmo porreiro!

Isso significa que pode fazer um rendimento ridículo, pode viver no mundo onde quiser, fazer o que mais adora, e o dinheiro, apenas flui para a sua conta, em piloto automático – sem envolver trabalho árduo, esforço ou despender energia.

É por isso que eu gosto do Marketing de Rede (quando é feito correctamente)

Então aqui está um par de questões que tenho para si:

1. Está a tentar vender algo que as pessoas não querem, simplesmente, ou só é péssimo a vendê-lo?

2. Há lucro suficiente no que faz para, eventualmente, empregar alguém – assim não precisa de continuar a gerir algo para o resto da sua vida?

3. Existe algum mercado suficientemente grande para sustentar o seu estilo de vida de sonho?

4. Se quiser – é sempre bem-vindo a enviar-me dinheiro, sempre que quiser – basta clicar em qualquer uma das imagens que brilham quando passa o mouse sobre elas.

Lol.

Em qualquer caso – espero que siga estes conceitos e faça um monte de dinheiro – o mundo precisa de pessoas ricas para criar mais empregos, para comprar coisas boas e caso contrário, mostra-nos tudo o que é possível quando a mente do homem (ou da mulher) está focada numa causa singular.

***** Fim do artigo do Dave Wood *****

Se desenvolves internet marketing ou marketing de rede e queres ter um sistema que te dê num espaço de tempo entre 6 meses a 1 ano, um rendimento de sonho. Se sabes inglês suficiente para poderes fazer parte dum programa completamente em inglês, que te dê acesso a formação do melhor que há em cada uma das áreas. Então faz um favor a ti mesmo e regista-te e vê este video:

Vê o que este grupo revolucionário de pessoas está a fazer.

Se tudo isto é uma novidade para ti e te despertou a curiosidade de aprender, recebe 8 Vídeos grátis que te explicam tudo duma forma simples, como podes ganhar dinheiro.

 

About Rui Lemos

Rui Lemos, nasceu em Lisboa, Portugal, em 1959, sempre foi empreendedor desde tenra idade. Esta sua tendência para o negócio deu-lhe uma visão desempoeirada da vida, pois sempre pensou pela sua própria cabeça. Fez o liceu em Oeiras, perto da praia o que veio também a influenciar o seu desejo de liberdade e de gozar o tempo de lazer. Fez serviço militar na Força Aérea Portuguesa, na área da electrónica, foi profissional da IBM por quase 20 anos, a sua carreira foi de técnico de computadores, a técnico de software até gestor, sendo formador do Instituto IBM, autor de manuais técnicos e de vários livros, entre eles o Best Seller com 23 edições “O Fundamental do Windows 3.1″, conheceu o marketing de rede em 1983, mas não foi financeiramente compensador, ficou só o "bichinho". Voltou ao MMN, em 2004, com a Bia Pomar, sua mulher, onde conheceu a Cesarina e o Silvio Fortunato. Fez parte do grupo fundador do Magnet System e do Inner Circle, com a Bia Pomar e o Rui Gabriel, sendo hoje um profissional do internet marketing e do marketing multinível, é autor de vários blogs entre eles www.RuiLemos.com, um blog que fornece dicas sobre internet marketing, marketing multinível, formação e empreendedorismo para profissionais ou amantes do internet marketing e www.escritamilionaria.com dedicado ao Copywriting, Content Management, SEO Copywriting. Foi co-fundador do grupo de internet marketers Lazy Millionaires League que se dedicam a ajudar os novos a encontrar o seu caminho, é também afiliado All In do Empower Network.


SEO Powered By SEOPressor