A “pedido” de várias famílias e também depois de perceber que afinal a palavra sustentabilidade ainda não é usada seriamente e tantas vezes como era desejável, escrevo este pequeno post porque acima de tudo a minha crença que todos devemos contribuir e ajudar com a nossa parte, para que os nossos filhos e netos ainda consigam ter alguma da sua herança histórica, neste planeta que demorou 15 mil milhões de anos a fazer e não “convinha” que nuns séculos apenas déssemos cabo dele.

De certeza que já ouviu muita conversa sobre isto. Aparecem em todos os locais onde quer que vá, há sempre alguém pedindo para que comece a ser “verde”. Pode mesmo saber o que significa a lei dos 3 R’s: Reciclar, Reduzir e Reutilizar.

Mas quanto sabe, realmente, sobre o que significa operar os seus negócios, sejam eles a partir de casa, ou tradicionais, de uma forma de eco eficiente?

O que realmente significa viver e operar um negócio com intenção pró-ecológico e sustentável?

Para começar, vamos falar sobre o que significa a sustentabilidade e, em seguida, vamos dar uma olhadela de perto aos sete principais princípios para operar um negócio a partir de casa de origem sustentável.

Como a maior parte dos meus leitores é Networker e Internet Marketeer, vou dispensar a insistência de que estes princípios também se aplicam aos negócios tradicionais, acima de tudo o que pretendo é levar a atenção a estes pequenos princípios que são grandes nos resultados globais.

O que é um negócio sustentável a partir de casa?

Apesar de pensar numa definição única e aceite, o conceito de sustentabilidade pode vir a ser um desafio, talvez a melhor definição quando se fala em relação a negócio, seria: desenvolvimento que utiliza ferramentas, fornecimentos e estratégias que protegem e valorizam os recursos naturais e ecossistemas diversificados da Terra, a fim de atender às necessidades sociais e económicas do presente, sem comprometer a capacidade de atender as necessidades do futuro.

Simplesmente declarado, um negócio sustentável continua centrado sobre as pessoas, o planeta e os lucros. Um negócio sustentável leva em conta as suas acções e procura formas de minimizar o seu impacto no futuro. Ao ficar em sintonia com o ambiente e procurando beneficiar a comunidade, clientes e funcionários em todo o negócio, uma empresa sustentável, por sua vez verá mais lucros.

Sete chaves para considerar o seu negócio sustentável

Chave 1

Liderança: Será que o seu negócio cumpre e se esforça para ultrapassar em conformidade com todos os regulamentos aplicáveis. Partilha as suas práticas com outras pessoas, agentes de decisão e suporte, fornecedores e clientes que estejam empenhados com a sustentabilidade.

Chave 2

Educação: Será que no seu negócio educa todos os elementos da sua cadeia de fornecimento, os seus clientes, os seus parceiros e a juventude sobre as suas práticas de sustentabilidade e os envolve em minimizar o ciclo de vida, os impactos sociais e ambientais dos seus produtos e serviços. Também, pode desafiar os seus familiares para que tomem decisões tanto no trabalho como em casa para promover práticas sustentáveis.

Chave 3

Poupar energia: Será que o seu negócio economiza energia, obtém alguma dela a partir de recursos renováveis e/ou usa a energia com eficiência no uso de iluminação, de aquecimento, de arrefecimento, nas viagens e nos equipamentos.

Chave 4

Poupar água: Será que o seu negócio evita gastos de água e a usa com eficiência, utilizando dispositivos de baixo fluxo e a preservando a qualidade de água ao reduzir as descargas para locais onde não possa contaminar as fontes de água.

Chave 5

Evitar resíduos e poluição: Será que o seu negócio desenvolve e implementa práticas abrangentes para prevenir a poluição e o desperdício de materiais e recursos naturais.

Chave 6

Envolvimento com a Comunidade: O seu negócio é local e está substancialmente envolvido na sua Comunidade, fornecendo apoio formativo e utilizando materiais recicláveis e serviços locais.

Chave 7

Condições de Trabalho: O seu negócio excede os requisitos ao oferecer condições seguras de trabalho saudável tais como trabalhar com luz natural, cadeiras ergonómicas, protectores de U/V nos ecrãs de computador.

Mesmo que só seja capaz de responder sim a algumas destas perguntas, está no bom caminho para se tornar uma empresa doméstica mais sustentável, se puder manter estas 7 chaves em foco. Felizmente, isso servirá para lhe dar uma melhor compreensão do que significa ser sustentável. Parece evidente que qualquer pessoa ou qualquer empresa se pode encontrar em graus variados de sustentabilidade. Talvez use estas 7 chaves para ajudar a sua empresa doméstica a encontrar maneiras de chegar a um nível superior de sustentabilidade.

Como membro activo da rede de negócios do The Magnet System, o meu desejo é que todos pensem um pouco em tornar esta rede social mais sustentável, eu esforço-me para encontrar maneiras de viver e trabalhar de forma sustentável. Como proprietário de um lucrativo, negócio Eco amigável, de internet marketing assumo um papel activo na difusão do conceito de sustentabilidade a todos os que trabalham comigo. Sou um treinador de negócios, o tutor pessoal e auxílio outros Networker Marketeers na construção dos seus negócios on-line, lucrativos e sustentáveis com vários fluxos de rendimento.

E preocupe-se com o ambiente e ele devolverá essa preocupação de forma que os seus filhos e netos usufruam dum planeta melhor.

Façam o favor de ser felizes

About Rui Lemos

Rui Lemos, nasceu em Lisboa, Portugal, em 1959, sempre foi empreendedor desde tenra idade. Esta sua tendência para o negócio deu-lhe uma visão desempoeirada da vida, pois sempre pensou pela sua própria cabeça. Fez o liceu em Oeiras, perto da praia o que veio também a influenciar o seu desejo de liberdade e de gozar o tempo de lazer. Fez serviço militar na Força Aérea Portuguesa, na área da electrónica, foi profissional da IBM por quase 20 anos, a sua carreira foi de técnico de computadores, a técnico de software até gestor, sendo formador do Instituto IBM, autor de manuais técnicos e de vários livros, entre eles o Best Seller com 23 edições “O Fundamental do Windows 3.1″, conheceu o marketing de rede em 1983, mas não foi financeiramente compensador, ficou só o "bichinho". Voltou ao MMN, em 2004, com a Bia Pomar, sua mulher, onde conheceu a Cesarina e o Silvio Fortunato. Fez parte do grupo fundador do Magnet System e do Inner Circle, com a Bia Pomar e o Rui Gabriel, sendo hoje um profissional do internet marketing e do marketing multinível, é autor de vários blogs entre eles www.RuiLemos.com, um blog que fornece dicas sobre internet marketing, marketing multinível, formação e empreendedorismo para profissionais ou amantes do internet marketing e www.escritamilionaria.com dedicado ao Copywriting, Content Management, SEO Copywriting. Foi co-fundador do grupo de internet marketers Lazy Millionaires League que se dedicam a ajudar os novos a encontrar o seu caminho, é também afiliado All In do Empower Network.