Estou a escrever este post depois de ter tido uma conversa com um casal amigo, muito comprometido com a sua oportunidade, promissor, activo e dedicado, vamos chamá-los de CB. Contei-lhes a minha história e da Bia, a minha mulher.

Entrámos nesta indústria com a ideia que tudo iria correr conforme nos disseram, que bastava ter um sonho grande, distribuir muitos folhetos por dia, assistir a todas as reuniões, falar com tudo o que mexesse, amigos, familiares, conhecidos, desconhecidos, tínhamos de “convencer” todos que já estávamos no caminho do sucesso, tínhamos de comprar todos os meses quantidades imensas de produtos que se não os vendêssemos (sempre os podíamos comer), não tínhamos dinheiro, para no mês seguinte, comprar mais produto, nem para dar de comer aos filhos, já que os ganhos reais vinham da venda daquelas quantidades imensas de produtos.

E foi assim que a Bia largou o seu emprego e despediu o patrão, que eu desisti de aumentar os clientes e o negócio da minha empresa e que o cartão de crédito ficou com um saldo negativo estratosférico.

Quando me propuseram participar num sistema de internet que tinha sido criado por um nosso upline e onde poderia começar a comprar contactos da internet, achamos o máximo, porque já não tínhamos ninguém a quem falar, todos fugiam de nós e só a nossa “nova família” nos dava alguma atenção (enquanto comprássemos os 2.500€ mensais de produtos).

Estávamos muito animados em começar a ganhar dinheiro, de seguirmos atrás daquilo que nos contaram (da frase tipo – se nós conseguimos também vão conseguir), queríamos fechar a empresa, queríamos pagar todas as contas (a maior dela no cartão de crédito, na casa e algumas operacionais da empresa) e nos tornarmos um produto do produto, um caso de sucesso e de independência financeira na indústria das redes de mercado.

Queríamos ficar em casa acompanhar mais a nossa filha, talvez mudarmos de casa e de país (quem sabe para Belize) quando chegássemos a uma renda mensal que nos permitisse isso e isto tudo antes de eu chegar aos 50 anos. Bem, começamos de forma excelente, cheios de força – atiramo-nos à prospecção e a convidar tudo e todos como um furacão.

Acabamos por fazer parte do sistema de internet, fazíamos conferências online, podíamos comprar contactos, etc., muito avançado para a época. Então começamos a duplicar todas as hipóteses, as físicas (através dos folhetos) e as virtuais (através da compra dos contactos). Começamos a ser oradores nas conferências e formações, atendíamos a linha de suporte e isto algumas semanas depois de começarmos, mas queríamos estar em todas.

Alguns anos depois, alguns cartões de crédito explodiram, as dívidas aumentaram, não pude fechar a empresa, continuava em excesso de peso, o stress era maior por causa das dívidas. Não tivemos o sucesso que nos badalaram, claro que o problema era nosso que não estávamos a dar tudo, acabamos frustrados, cansados, cheios de dívidas e sem amigos ou conhecidos com quem falar. Não metemos o nosso próprio sistema online a trabalhar e a nossa presença na internet era marginal.

Mas a metodologia das redes de mercado, o sistema de acesso aos milhões de pessoas que no mundo também procuravam o mesmo que nós, quando já dominávamos a tecnologia (tanto eu como a Bia somos informáticos), fez-nos acreditar e depois de termos encontrado uma empresa que não tem nada a ver com aquela de onde saímos, hoje estamos de pedra e cal nesta forma de vida e somos Empresários do século XXI, de corpo e alma.

Mas o que fizemos de mal no anterior projecto?

Essa era a Razão nº1 porque nós (e talvez também o leitor) lutamos para ganhar dinheiro.

Embora o Facebook seja uma óptima maneira de se conectar e comunicar em rede com as pessoas à volta do mundo, é também para a maioria das pessoas a maior perda de tempo. Porque é muito fácil de entrar, começar a surfar à volta, ver as fotos nos posts dos amigos e depois ver que passou uma ou duas horas sem fazer um pingo de Actividade que Produza Receita.

E Actividade que Produza Receita é a única actividade que vai levar ao sucesso no seu trabalho online a partir de casa.

Temos de o enfrentar, o Facebook é estúpido, na maioria dos casos, é como assistir ao Jerry Springer Show do final dos anos 90. Faça isso durante uma hora por dia ou mais e não está mais perto do seu sucesso do que quando começou.

Não é nada bom.

Perder tempo a preocupar-se com o que todos os amigos estão a escrever. É engraçado durante 5 ou 10 minutos por dia para verificar o seu mercado, mas entrar nessas fotos e ligações que não fazem nada mais do que comer o seu tempo e encher sua mente com desordem sem sentido.

A Razão Nº2 está longe de ser melhor.

Ok, então um novo distribuidor arranca, dá o tiro de partida, como um canhão e descobre que existem mais de 100 vídeos, conferências de formação, outras informações e seminários Web a cargo de nossa equipa. Então, estipula um horário todos os dias para aprender.

O problema é que isso é tudo o que ele vai fazer. Montes de aprendizagem, nenhuma acção e implementação.

Agora que já sabe sobre marketing de rede, publicidade online, tráfego, conversões, como escrever anúncios, como fazer a lista, campanhas de e-mail, telefonar para falar com as pessoas e as registar. O problema é que sabe exactamente o que fazer – só que não está a fazer o que sabe.

Razões?

Oh, são tantas!

  1. Procrastinação.
  2. Aproximar & Evitar as pessoas.
  3. Medo do sucesso.
  4. Medo do fracasso.

Tudo acima, ou, talvez:

  • Não querer cometer um erro.
  • Não acreditar que isto irá trabalhar para ele.
  • Não sentir que merece o sucesso.

Muitas vezes, algum ou todos dos descritos acima são questões emocionalmente profundas que requerem alguma formação ou aconselhamento pessoal para serem resolvidas. Mas são reversíveis se o novo distribuidor estiver verdadeiramente pronto para se começar a mover numa nova direcção e encontrar o sucesso no seu trabalho online em casa.

 

Razão nº3 e ainda fica pior

 

Então, aqui está ele, criámos o Funil de Marketing, já está treinado como deve fazer exactamente e BUOOM – o novo distribuidor decide que seu patrocinador ou um mentor ou quem está a fazer somas chorudas e tem interesse no seu sucesso, não o quer ajudar. Ou, o novo distribuidor desenvolve um ressentimento para com as pessoas que fazem bem, ou tem inveja ou qualquer tipo de raiva, não resolvida, porque ele não está a conseguir o que se propôs a fazer, enquanto os outros estão a receber todo o reconhecimento e uma renda que lhes permite uma mudança de vida.

Portanto, o novo distribuidor decide não manter contacto e começa a cair de cara no chão. Uma ilha, sozinho, no meio do Atlântico, sem contacto ou comunicação com aqueles que o poderiam, realmente, influenciar de forma positiva como ele deve pensar e agir.

 

GRANDE Erro.

 

Porque assim que ele se começar a distanciar do bando (da equipa), torna-se um alvo fácil para todos os tipos de armadilhas.

 

Algumas dessas armadilhas incluem:

 

  • Ser alvo de outros marketeers lutadores que o vão querer juntar à sua oportunidade e o vão estar sempre a puxar, de forma, a que ele nem pode vir à tona para respirar.
  • Ser o mesmo alvo que para os outros se juntam também no mesmo mau “lugar”, e que querem aconselhamento.

 

Aqui deixe-me ser muito franco.

 

Ter uma sessão de planeamento com um monte de outros empresários pode soar como uma grande ideia, mas é uma ideia que poucos, se é que algum já recuperou e se transformou num grande sucesso.

 

Aqui está a minha sugestão. O seu grupo de amigos de mastermind vai começar a trabalhar. Porque saber o que fazer, mas não o fazer, não há razão para reclamar e praguejar. Se quer reclamar e praguejar, olhe para o espelho.

 

Vai estar a olhar para o problema E para a solução.

 

Se quer prestar de contas a alguém? Comece por SI.

 

Se isso não é bom, comece a produzir e ganhar o respeito do seu patrocinador ou mentor ou de quem está a fazer o seu rendimento de sonho. Faça as coisas certas aqui e eles vão começar a prestar-lhe atenção, a aconselhar-se consigo e achá-lo responsável. Mude a sua má atitude e as pessoas vão começar a perceber e a prestar-lhe atenção.

Além disso, planear com os outros, não obtendo resultados, reduz drasticamente o seu rendimento potencial, porque o seu rendimento está directamente correlacionado com a média de rendimento das 5 pessoas com quem se junta, comunica e ouve.

 

Quer começar a ganhar dinheiro, ou mais dinheiro?

 

Comece a produzir, obtenha alguns resultados usando a formação já disponível para si, então, mostre ao seu mentor ou patrocinador o que lhe está a acontecer.

Deve estar focado, mantenha o foco, desligue-se de todas as distracções e comece a trabalhar como se a sua vida dependesse disso – porque deve parecer-lhe isso mesmo.

Se precisar de aconselhamento para os seus problemas pessoais, procure um profissional ou alguém que saiba como superar aquilo com que está a lidar ou ainda melhor – alguém que superou problemas semelhantes aos seus e que o pode ajudar a fazer o mesmo

 

E, finalmente, o novo distribuidor, começa a correr com os perus e galinhas e começa a subir alto com as águias. Não é preciso muito para impressionar os seus líderes. Comece a trabalhar e vai ter o seu tempo e atenção. Então, fique em contacto sempre que possa e agradeça-lhes, oferecendo-se para os ajudar como um aprendiz. Talvez consiga trabalhar com eles ainda mais de perto.

Quem são, o que fazem e porque fazem isso, vai começar a fazer mais sentido para si.

 

Afinal, quanto tempo quer ainda trabalhar no emprego que odeia, recebendo a mesma quantidade de dinheiro pelas horas intermináveis, ficando cada vez mais gordo, ficando fora de forma e a perder o crescimento dos seus filhos? Eu não sei a sua opinião, mas tem de haver mais para si na vida do que isso. Eu e a equipa somos um suporte para o seu sucesso – o que for preciso, mas tem de saber ser humilde e seguir instruções, para podrmos fazer isso juntos!

 

Eu fiz isso e também o pode fazer – se o quiser o suficiente, quando se comprometer a fazer o que as pessoas de sucesso fazem e desejam consistente e persistentemente colocar o sonho diante do esforço.

 

Faça isso, e vai encontrar o sucesso na sua viagem enquanto trabalhar online em casa.

Membro Fundador do Inner Circle

 

Se desenvolves internet marketing ou marketing de rede e queres ter um mentor profissional que te dê aquilo que te falta para teres sucesso, vê o que este grupo revolucionário de pessoas está a fazer. Se tudo isto é uma novidade para ti e te despertou a curiosidade de aprender, recebe 8 Vídeos grátis que te explicam tudo duma forma simples.

Vê aqui o testemunho de quem está no caminho para o sucesso. E escolhe o teu Mentor.

About Rui Lemos

Rui Lemos, nasceu em Lisboa, Portugal, em 1959, sempre foi empreendedor desde tenra idade. Esta sua tendência para o negócio deu-lhe uma visão desempoeirada da vida, pois sempre pensou pela sua própria cabeça. Fez o liceu em Oeiras, perto da praia o que veio também a influenciar o seu desejo de liberdade e de gozar o tempo de lazer. Fez serviço militar na Força Aérea Portuguesa, na área da electrónica, foi profissional da IBM por quase 20 anos, a sua carreira foi de técnico de computadores, a técnico de software até gestor, sendo formador do Instituto IBM, autor de manuais técnicos e de vários livros, entre eles o Best Seller com 23 edições “O Fundamental do Windows 3.1″, conheceu o marketing de rede em 1983, mas não foi financeiramente compensador, ficou só o "bichinho". Voltou ao MMN, em 2004, com a Bia Pomar, sua mulher, onde conheceu a Cesarina e o Silvio Fortunato. Fez parte do grupo fundador do Magnet System e do Inner Circle, com a Bia Pomar e o Rui Gabriel, sendo hoje um profissional do internet marketing e do marketing multinível, é autor de vários blogs entre eles www.RuiLemos.com, um blog que fornece dicas sobre internet marketing, marketing multinível, formação e empreendedorismo para profissionais ou amantes do internet marketing e www.escritamilionaria.com dedicado ao Copywriting, Content Management, SEO Copywriting. Foi co-fundador do grupo de internet marketers Lazy Millionaires League que se dedicam a ajudar os novos a encontrar o seu caminho, é também afiliado All In do Empower Network.


SEO Powered By SEOPressor